Perder uma criança, por mais cedo que seja, é algo muito doloroso. Veja como superar a tristeza que um aborto espontâneo provoca

ShutterstockShutterstockPerder um bebê ainda dentro do útero é algo de partir o coração. Perder o segundo ou terceiro ou quarto bebê para o aborto, então, é ainda mais difícil.

Você se pergunta: o que está acontecendo? O que estou fazendo de errado? Eu vou conseguir segurar meu bebê em meus braços algum dia?
Porém, independentemente de quantos bebês você tenha perdido, você merece viver com alegria a sua vida e cada gravidez com a qual você é abençoada. Como fazer isso?

Primeiro: quando você não souber lidar com uma nova perda, perdoe-se e agradeça. Ninguém quer passar por isso, mas cada perda é diferente (afinal, você acaba de perder uma pessoa nova e única, que nunca conheceu), e a maneira como você sofre cada vez será diferente. Tente aceitar.

Da mesma forma, perdoe sua família e seus amigos quando eles não souberem como reagir diante de sua perda. Se eles não sabem como te apoiar ou dizem a coisa errada, perdoem-nos e deixe passar. Eles são humanos e o aborto é particularmente difícil de entender.

Depois que você perde um bebê, cada gravidez sucessiva traz uma nova ansiedade, já que você sabe o que pode dar errado. Mas ainda é possível viver com esperança. Se você descobrir que está grávida, concentre-se na alegria da nova vida dentro de você. Imediatamente, agradeça a Deus por este bebê, não importa por quanto tempo você será mãe dele. Eu comecei a dar nomes aos meus bebês assim que eu descobria que estava grávida. Eu também criava uma planilha para marcar cada dia que eu sabia que eles estavam vivo. Dessa forma, pude celebrar as muitas semanas que passamos juntos. Foi um antídoto para os sentimentos de medo e pavor que continuamente assolavam minha cabeça.

É uma luta constante para permanecer com esperança, mas é isso que é ser uma mãe cristã. Temos esperança de que viveremos para sempre com um Deus que ama cada um de nós. Ele ama você, Ele me ama e Ele ama cada um de nossos bebês tempo eles estiveram conosco e amará eternamente. Não duvide da bondade de Deus, mesmo quando tudo o que você quer é conhecer os filhos que Ele lhe dá (e tira).


Nos dias difíceis, encontre um tempo para se sentar com Jesus em adoração na sua paróquia. Diga a ele como você está triste por não ter conhecido seu último bebê e peça a graça de ficar bem. Agradeça a Ele pelos bebês que você perdeu e, se estiver grávida, agradeça a Ele por esse bebê também, não importa o que aconteça a ele.

Outra coisa que ajuda em dias difíceis é lembrar das coisas boas que aconteceram na sua vida. Comece a fazer uma lista das bênçãos que Deus lhe enviou. Tire um segundo com cada item e sussurre “obrigado, Deus”. Você ainda tem uma bela lista de bênçãos – sejam amigos ou familiares, saúde, sandálias fofas, um dia de sol… seja o que for. São razões para respirar fundo e continuar a viver bem.

Finalmente, tenha uma nova aventura. Passe um tempo com uma amiga ou com seu marido depois do trabalho. Visite uma livraria ou cafeteria que você nunca experimentou antes. Faça uma viagem e construa uma memória nova e positiva, em vez de ficar sentada na tristeza pelo resto dos dias.

Enfim, lidar com a perda recorrente da gravidez é um desafio para todas as mães, para os pais e para toda a família. Nós nunca saberemos porque nossos bebês não conseguiram sobreviver. Mas, nessa confusão e sofrimento, dê pequenos passos para permanecer esperançosa e alegre, não importa o que aconteça a seguir.

Audiência: não fazer turismo espiritual na Igreja, mas viver como irmãos

Ago 22, 2019
Em sua catequese, o Papa Francisco comentou a “comunhão integral na comunidade dos fiéis”…

Papa escreve aos genoveses para recordar um ano da queda de viaduto

Ago 13, 2019
As palavras do Pontífice são de esperança e de encorajamento, para que os genoveses não…
8

Transfiguração: restaurados pela força do Espírito divino

Ago 06, 2019
Alguns trechos da reflexão do Papa Francisco na Festa da Transfiguração, pronunciada em…
18

Regras de Santo Inácio de Loyola para organizar sua casa

Ago 05, 2019
Antes de Marie Kondo já havia Santo Inácio Marie Kondo, a famosa “especialista em…
28

Qual é o significado dos nomes hebraicos da Sagrada Família?

Ago 05, 2019
De onde vêm os nomes Jesus, Maria, José, Joaquim e Ana, além do título Messias ou Cristo?…
27
agosto mes das vocacoes

Agosto: mês das vocações

Ago 05, 2019
A vocação é uma proposta de Deus ao homem, mas este é livre para acolher ou rejeitar…
22
pap aos sacerdotes cura dars

Papa aos sacerdotes: "dou graças a Deus por todos vocês"

Ago 05, 2019
Papa Francisco enviou uma carta por ocasião dos cento e sessenta anos da morte do Cura…
17
Dom Murilo Krieger

D. Murilo: canonização de Irmã Dulce é 'alegria e compromisso'

Jul 03, 2019
Primaz do Brasil, Dom Murilo Krieger, antecipa a programação das celebrações e marca…
68